Cidades

Ceará confirma 15 casos da variante Delta da Covid-19 e mantém decreto

Página Aberta – Informação e Realidade

 Anúncio foi feito durante live. Foto: Divulgação


O governador do Ceará, Camilo Santana (PT) anunciou, nesta sexta-feira (6), a confirmação de 15 casos da variante Delta da Covid-19 no Estado. Diante disto, as medidas de flexibilização da economia não avançarão no Estado. Portanto, o decreto atual será mantido até 23 de agosto.

As informações foram divulgadas durante transmissão ao vivo. Camilo, explicou que a decisão é para evitar a transmissão comunitária da variante. Os casos confirmados são de passageiros procedentes do Rio de Janeiro, México, Recife e São Paulo.

Os contaminados e seus respectivos contatos são monitorados pela Secretaria da Saúde do Estado (Sesa).

Segundo o Secretário da Saúde do Estado, Dr. Cabeto, 5% dos passageiros e tripulantes de voos são submetidos à testagem aleatória no Centro de Testagem do Aeroporto de Fortaleza.

O Estado também vai requerer à Justiça que os viajantes sejam testados antes do embarque ou comprovem que estão imunizados com as duas doses de vacina contra a Covid-19. 

Originária da Índia, a mutação do vírus é mais transmissível e obrigou a volta do lockdwon em vários países. 


Como ficam as medidas de isolamento no Ceará


No último decreto, o chefe do executivo autorizou a liberação de eventos sociais para 100 e 200 pessoas em ambientes fechados e abertos, respectivamente. O texto incluiu, também, a reabertura de teatros e a ampliação do horário do setor de alimentação fora do lar.


Vacinômetro


Vacinômetro da Sesa registra que, até as 17 horas de quinta-feira (5), foram aplicadas 5.753.388 doses. Com isso, 3.994.562 de cearenses receberam a D1, enquanto 1.608.790 tomaram a D2, além dos 150 mil que foram imunizados com dose única da Janssen. Os dados são repassados pelas gestões municipais.

Deixe seu Comentário

Sua opinião é muito importante para nós, participe.

Relacionadas

Confira outras notícias da categoria.