Cidades

Ceará confirma 26 mortes por chikungunya em 2017

Página Aberta – Notícia com Propósito
 O Mosquito Aedes aegypti é o transmissor da dengue e chikungunya.


O novo boletim epidemiológico da Secretaria Estadual da Saúde (Sesa) aponta que o Ceará já registrou 26 mortes por chikungunya em 2017. Das vítimas, 13 são do sexo masculino e 13 do sexo feminino.

As mortes ocorreram nos municípios de Fortaleza (20), Caucaia (3), Beberibe (1), Pacajus (1) e Senador Pompeu (1). As vítimas tinham entre 10 e 92 anos.

Até o momento, foram notificados 71.491 casos de chikungunya no estado, dos quais 30.627 foram confirmados. A maior parte das vítimas é do sexo feminino e está na faixa dos 20 aos 59 anos. A atual taxa de incidência da enfermidade é de 797,6 casos para cada 100 mil habitantes.Só em Fortaleza, são 20.864 confirmações de chikungunya, o que corresponde a quase 70% do total de casos.

 DENGUE E ZIKA

O Ceará notificou nesse ano 46.980 casos este ano, dos quais 10.714 foram confirmados. Já a zika teve um total de 2.171 notificações. Até o momento, 331 foram confirmados.

Cnews

Deixe seu Comentário

Sua opinião é muito importante para nós, participe.

Relacionadas

Confira outras notícias da categoria.