Cidades

Jovens de Monsenhor Tabosa participam de oficina de interpretação para o cinema

Página Aberta – Informação e Realidade

 Interpretação para o Cinema. Foto: Fábio Cavalcante.


Sonhos são como combustível para nos impulsionar a crescer e desenvolver, temos a alegria de sonhar e viver o que se sonha, vivenciamos momentos de aprendizagem e conhecimento em meio as oportunidades que surgem.

Foi nesse contexto que com o apoio da Prefeitura de Monsenhor Tabosa, através do colaborador e mobilizador do Núcleo de Cidadania dos Adolescentes (NUCA), o assistente social José Fabio Cavalcante, e o Secretário Municipal de Assistência Social, Salustiano Cavalcante, cerca de 30 jovens da Cidade, participaram entre os dias 16 a 18 de agosto de 2019, no auditório da Secretaria de Educação de uma Oficina de Interpretação para o Cinema.

A oficina teve como objetivo “desenvolver atividades no campo das artes cênicas, voltadas para o audiovisual com o interesse de descobrir talentos entre atores e não atores para projetos e produções de Tv e Cinema, despertar o interesse da comunidade pela arte como objeto de transformação social, levando exercícios práticos de interpretação com base nas vivências e experiências de vida, vividas pelo facilitador.”

Dirigido por Lamack Dias, ator, produtor audiovisual e cineasta com produções como: Vicente Finin, Amor e Traição Nas Quebradas do Sertão, Zalu, Além do Plano, Os Olhos de Alice e em pré-produção O último Virgem do Ceará.

Foram três dias intensos de atividades com os adolescentes dos grupos de convivência e fortalecimento de vínculos do CRAS, NUCA e comunidade. Durante esse período eles receberam aulas teórico/prático que lhes proporcionou conhecimento e possibilitou aflorar as expressões através da dança, da encenação, da fala, do sorriso, na pureza do olhar, das emoções internas contidas pela raiva, choro, alegria, tristezas, unidos e munidos de formosura em cada movimento de cada cena apresentada.

Foi um momento impar para os jovens, pois reforçou ainda mais o trabalho que já vem sendo feito com eles no município, através das atividades do SELO UNICEF tendo como colaboradores: Marcia Souza e Igor Lima, juntamente com a presidenta do CMDCA, Luma Oliveira e a articuladora do Selo Unicef, Tatiara Gomes.

Ao ser finalizada a oficina, ficou a certeza de que esse momento contribuiu para fortalecer as relações pessoais, sociais e ajudar nossos jovens a terem voz e vez na sociedade.

Deixe seu Comentário

Sua opinião é muito importante para nós, participe.

Relacionadas

Confira outras notícias da categoria.