Cidades

Povos Indígenas do Ceará participam em Fortaleza da II Marcha pela Terra

Página Aberta – Notícia com Propósito
 Uma comissão entregou um conjunto de reivindicações ao Governo do Ceará. Foto: WhatsApp


Mais de 1,5 mil indígenas, dos 14 povos distribuídos em 20 municípios cearenses, participaram nesta quarta-feira (09), em Fortaleza (CE), da II Marcha pela Terra. O ato marca o Dia Internacional dos Povos Indígenas (09 de agosto).  A data foi estabelecida pela Organização das Nações Unidas (ONU) no ano de 1995 para expressar o reconhecimento internacional em relação a esses povos.

Como forma de demonstrar a sua resistência e sua luta, o Movimento Indígena do Ceará, em articulação com as suas entidades de base (APOINME, COPICE, AMICE, OPRINCE e AJICE), promoveu a mobilização. Os Indígenas se concentraram na Praça Luiza Távora, na Av. Santos Dumont.

No município de Monsenhor Tabosa (CE), na região do Sertão de Crateús, quase um terço da população é considerado indígena. De acordo com Antonio Dias, da etnia Tabajara, quatro ônibus transportaram 150 indígenas de Monsenhor Tabosa para a Marcha.

Intermediado pelo deputado Elmano de Freitas (PT), uma comissão composta por 20 representantes de varias etnias, foi recebida no Palácio da Abolição pelo Secretário do Gabinete da Casa Civil, Nelson Martins. A comissão entregou ao secretário um conjunto de reivindicações dos Povos Indígenas ao Governo do Estado do Ceará.

Repórter Dorismar Rodrigues

Deixe seu Comentário

Sua opinião é muito importante para nós, participe.

Relacionadas

Confira outras notícias da categoria.