Cidades

Secretaria de Saúde de Monsenhor Tabosa implanta ouvidoria para usuários do SUS

Página Aberta – Notícia com Propósito
 Ouvidoria estará disponível em todas as unidades de saúde.


Com objetivo de melhorar a prestação de serviços à população e dar mais transparência às suas ações, a Secretaria Municipal de Saúde de Monsenhor Tabosa/CE, com apoio da Prefeitura, está instalando uma ouvidoria do SUS – Sistema Único de Saúde. O serviço em benefício à comunidade vai funcionar em todas as unidades de saúde  do município.

De acordo com a secretária Celi Regina, a ouvidoria é mais uma ferramenta implantada pelo município para o cidadão usuário do Sistema Único de Saúde (SUS) avaliar o atendimento. “A manifestação do cidadão pode se apresentar pela busca de informações e orientações em saúde. Eles podem não apenas reclamar, mas também sugerir, denunciar, elogiar e propor alternativas de mudanças,” declarou.

Para Celi é importante que os cidadãos tenham amplo acesso a ouvidoria do SUS: O atendimento ao público será feito pelos telefones Disque Ouvidoria: (88) 99854 – 8409 ou (88) 3696 – 2175. As solicitações também podem ser feitas pessoalmente na sala da ouvidoria, localizada dentro da secretaria municipal de saúde, endereço: Avenida Major Ventura, nº 19 – centro. Ou pelo e-mail ouvidoriasaudemt@hotmail.com

Após receber as manifestações pelos diferentes canais de entrada, os técnicos da ouvidoria do SUS realizam todo o processo de análise e tratamento das demandas, que envolve as etapas de: registro; classificação; tipificação; encaminhamento e acompanhamento.

A técnica da saúde, Mara Martins, lembra que a ouvidoria é importante para a gestão do SUS, possibilitando o diálogo entre a sociedade e as diferentes instâncias de gestão, contribuindo para a participação do cidadão na avaliação e na fiscalização da qualidade dos serviços ofertados. “Essa forma de controle social auxilia no aperfeiçoamento gradual do sistema de saúde, podendo também servir de suporte estratégico na tomada de decisão no campo da gestão da Saúde”, afirma.

Reportagem: Dorismar Veras

Deixe seu Comentário

Sua opinião é muito importante para nós, participe.

Relacionadas

Confira outras notícias da categoria.