Polícia

Polícia investiga suposta vítima do jogo da Baleia Azul no interior do Ceará

  • 28 abr 2017
  • Além da Polícia, Conselho Tutelar e Creas acompanham o caso. Imagem: (internet).


A Polícia Civil em Limoeiro do Norte, a 198 quilômetros, investiga o que seria o primeiro caso registrado no Ceará da prática conhecida como Baleia Azul, uma série de desafios que incentivaria crianças e adolescentes à automutilação e ao suicídio.

A mãe de um adolescente que estaria executando as tarefas denunciou o caso ao Conselho Tutelar. Com um objeto perfurante, o jovem fez inscrições em referência ao jogo no corpo, conta o conselheiro Tutelar Giliard Moura, em entrevista à Rede Jangadeiro FM.

O conselheiro conta que o adolescente se preparava para uma próxima etapa dos desafios quando o Conselho Tutelar foi a casa dele. O órgão encaminhou o caso ao Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas), que está prestando assistência à vítima e à família.

O conselheiro Giliard Moura recomenda que os familiares estejam atentos às atividade de crianças e adolescentes nas redes sociais. Referências a baleias azuis postadas em redes sociais podem ser indícios de que o jovem esteja praticando os desafios. Ele também chama atenção para que pais identifiquem sinais de automutilação nos jovens. E orienta que, a qualquer sinal de tendências suicidas ou violentas, o Conselho Tutelar deve ser acionado para tomar as devidas providências cabíveis.

Fonte: Tribuna do Ceará.

Compartilhar

Deixe um comentário