Polícia

Preso trio suspeito de envolvimento com facção que ameaçava autoridades em Crateús

Página Aberta – Informação e Realidade

 O trio teria ligação com criminosos presos. Foto: Polícia Militar


Na ultima sexta-feira (11), por volta das 10:30hs, uma operação policial desencadeada na cidade de Crateús (CE), resultou na prisão de três homens, apreensão de drogas, armas e munições. Os indivíduos presos são acusados de terem ligação direta com criminosos responsáveis pelas ameaças contra Juiz, Promotor e Delegada em Crateús

Em abril deste ano, através de levantamentos feitos pela Coordenadoria de Inteligência da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (Coin), foi descoberto que integrantes de uma facção criminosa planejavam a morte de autoridades do município de Crateús.

Segundo apontou as investigações os alvos dos criminosos eram: a Delegada de Polícia Civil, Ana Scotti, o promotor de justiça Dr. José Arteiro Soares Goiano, o juiz das execuções penais, Doutor Francisco Gilmário Barros Lima e um agente penitenciário (identidade não identificada).

As investigações apontaram que os indivíduos presos na sexta-feira, estariam responsáveis por venda de drogas, roubos e homicídios, sendo comandados por criminosos de dentro dos presídios.

Foram presos: Luis Mitanael Araújo Costa (Luizinho), Francisco Ronaldo Sousa Cavalcante (Ronaldo) e Luciano Dias de Sousa (Luciano Gago), todos três são investigados por envolvimento com os criminosos Talysson Mourão e Anderson Bruno, integrantes da facção Comando Vermelho (CV), que comandam tráfico de drogas, homicídios e roubos em Crateús e região.

Os indivíduos, juntamente com o material apreendido, foram conduzidos para a Delegacia Regional de Polícia Civil onde foram apresentados ao delegado plantonista Dr. Breno Holanda.

Material apreendido: 02 Revólveres Calibre 38, 10 munições Calibre 38, 190 gramas de crack, 21 trouxinhas de maconha (pronta pra venda), e 01 rádio comunicador (HT) sintonizado na frequência das Polícias Civis e Militares.

Deixe seu Comentário

Sua opinião é muito importante para nós, participe.

Relacionadas

Confira outras notícias da categoria.