Política

Após anos atrasada, Bolsonaro inaugura no Ceará obra do Rio São Francisco

Página Aberta – Informação e Realidade

 Presidente inaugurou trecho nesta sexta (26).


O presidente Jair Bolsonaro inaugurou, na manhã desta sexta-feira (26/6), um dos trechos da obra de transposição do Rio São Francisco. Em Penaforte (CE), o chefe do Executivo acionou a comporta que permitiu a chegada das águas do Velho Chico ao território cearense.

Oficialmente, são 12 anos de espera. Contudo, a ideia do Projeto de Integração do Rio São Francisco como forma de solucionar a escassez hídrica causada pela seca acompanha governos desde, pelo menos, o Segundo Império – ainda no século XIX.

O trecho inaugurado por Bolsonaro faz parte do Eixo Norte do Projeto de Integração do Rio São Francisco. Com a ação, a água que já abastece o Reservatório Milagres (em Pernambuco) passará pelo Túnel Milagres (na fronteira dos dois estados), começará a encher o Reservatório Jati (no Ceará) e seguirá, por fim, até a Paraíba e Rio Grande do Norte.

“A recomendação desde o início do governo (é) que não deixaríamos nenhuma obra parada. Isso faz parte de um compromisso nosso. A gente fica muito feliz em trazer a água para quem precisa”, comentou Bolsonaro, durante o evento. “Vai ajudar na agricultura e levar água para o cidadão nordestino. É uma novela que está chegando ao fim”, completou o presidente.


Cinturão das Águas


Após chegarem ao reservatório de Jati, as águas do Projeto de Integração do Rio São Francisco devem levar cerca de dois meses para abastecer todo o reservatório.

Por isso, somente em agosto os recursos hídricos devem começar a ser enviados para o trecho emergencial do Cinturão das Águas do Ceará (CAC), responsável por transportar por gravidade a água até Missão Velha, onde será direcionada ao Riacho Seco, seguindo pelo Rio Batateira e Rio Salgado, principal afluente do Açude Castanhão, que abastece a Capital e a Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). Ao todo, o Cinturão das Águas deverá ter 145 quilômetros de extensão. Desse total, 53 quilômetros da obra já estão prontos, correspondentes ao trecho emergencial.


Extensão hídrica


Segundo o governo, o Projeto de Integração do Rio São Francisco soma 477 quilômetros de extensão e é o maior empreendimento hídrico do país. Quando todas a estruturas e sistemas complementares nos estados estiverem em operação, cerca de 12 milhões de pessoas em 390 municípios diferentes serão beneficiadas.

Além do Eixo Norte, há o Eixo Leste. Quando estiver pronto, o canal levará a água do Velho Chico ao Rio Paraíba para abastecer reservatórios em Pernambuco e na Paraíba.

Deixe seu Comentário

Sua opinião é muito importante para nós, participe.

Relacionadas

Confira outras notícias da categoria.