Política

Em Monsenhor Tabosa, no CE, milhares de trabalhadores vão às ruas em protesto contra reformas de Temer

  • 28 abr 2017
  • Milhares de manifestantes participaram do ato. Foto: Página Aberta


No município de Monsenhor Tabosa /CE – em adesão a Greve Geral convocada pelas principais centrais sindicais do Brasil, trabalhadores do serviço público, trabalhadores rurais, indígenas, partidos políticos e outros segmentos sociais uniram-se na manhã dessa sexta-feira (28) em protesto contra as reformas trabalhistas e previdenciária que o governo Michel Temer tenta implementar.

Com cartazes, faixas e gritos de ordem, manifestantes largaram de pelo menos três pontos distintos da cidade e se concentraram no centro da cidade, na Praça Sete de Setembro. Com a paralisação muitos setores como escolas e postos de saúde não funcionaram. As manifestações ocorreram de forma pacifica, nenhum incidente foi registrado.

As lideranças de classes consideram esta sexta-feira (28), um dia histórico para a pequena cidade de Monsenhor Tabosa – CE, a mobilização fez com que grande parte dos trabalhadores aderisse ao movimento grevista. A prefeitura havia decretado ponto facultativo no dia de hoje. Segundo os organizadores, aproximadamente três mil pessoas pessoas participaram das manifestações.

Os manifestantes repudiaram as medidas que estão sendo impostas pelo Governo Temer, classificaram o como  golpista e pediram sua renúncia. A Greve Geral acontece simultaneamente nas grandes e pequenas cidades de todo o país.

Na última quarta-feira, a Câmara aprovou a maior mudança na legislação trabalhista brasileira desde a criação da CLT (Consolidação das Leis de Trabalho), em 1943.

A expectativa das centrais sindicais é que este seja o maior ato de mobilização da classe trabalhadora brasileira desde a década de 1980, quando a disparada da inflação no governo Sarney e o Plano Cruzado conduziram o país a uma de suas maiores greves após a redemocratização.

Por Dorismar Veras

Compartilhar

Deixe um comentário