Política

Iracema Oliveira é reeleita presidenta do Sindicato dos Servidores Municipais de Tamboril

  • 29 abr 2017
  • Chapa venceu opositores com larga vantagem. Foto: Iracema de Oliveira (Arquivo Pessoal)


A professora Iracema Oliveira foi reeleita ontem (28/4), presidenta do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais do município de Tamboril (SSMT). A chapa Resistir e Lutar, encabeçada pela educadora, obteve 320 votos vencendo a chapa adversária representada pela também professora Mariana Santana que recebeu 168 votos. Dos 549 servidores aptos para votaram, 496 compareceram. Iracema assume o cargo pela terceira vez consecutiva e ficará a frente da instituição até 2020.

Após o resultado da apuração a candidata reeleita comemorou e agradeceu toda militância que se envolveu e contribuiu com a vitória da chapa: “nossa gratidão a todo o conjunto de servidores, vamos nos unir e trabalhar coletivamente, pois o Sindicato somos todos nós”, afirmou.

Em entrevista ao Portal Página Aberta, Iracema disse que durante toda a campanha houve momentos complicados, no sentindo de tentarem questionar sua militância, idoneidade e história de luta. “Por isso, afirmamos nossa postura de respeito e debate de propostas, como também respeitamos o direito de escolha de cada servidor. Agora é hora de seguir a luta, fortalecer nossa organização e construir unidade entre todos os servidores municipais”, disse.

Nossa história se constrói na luta, agradecemos a confiança manifestada nas urnas pelos associados e reafirmamos o compromisso de manter o Sindicato sempre representativo dos anseios da categoria, independente de qualquer escolha eleitoral.

Várias pessoas parabenizaram a chapa vencedora pela reeleição, entre elas, o prefeito de Tamboril Pedro Calisto. “O resultado da eleição de hoje é prova do profissionalismo com que Iracema conduz o sindicato e do seu compromisso com os servidores do município. Tenho acompanhado seu trabalho e quero dizer que nossa gestão está aberta ao diálogo na busca por melhorias para os profissionais tamborilenses”, ressaltou.

Da Redação

Compartilhar

Deixe um comentário