Segurança

Governador do Ceará pede a Sérgio Moro reforço de 90 agentes penitenciários

Página Aberta – Informação e Realidade

 Governador Camilo Santana e o Ministro da Justiça, Sérgio Moro. Foto/Divulgação.


Nesta quinta-feira (17), em encontro com o ministro da Justiça, Sérgio Moro, em Brasília, o governador do Ceará Camilo Santana pediu reforço de 90 agentes penitenciários e a manutenção da presença da Força Nacional no Estado por tempo indeterminado, para impedir mais reações nas próximas semanas com a manutenção da agenda repressiva às facções nas penitenciárias.

Desde à nomeação do secretário de Administração Penitenciária, Luís Mauro Albuquerque, e às medidas anunciadas para reprimir o crime organizado, vem ocorrendo ataques em Fortaleza e municípios do interior do estado.

“Precisamos ser firmes, mostrar que quem manda é o Estado”, disse o governador cearense Camilo Santana”. 

Nos últimos dias, a intensidade dos ataques vem perdendo força. No dia 4 de janeiro, o ministro da Justiça enviou inicialmente 300 homens, efetivo que foi acrescido de outros 106 dois dias depois. O Ceará também recebeu reforço de policiais de estados vizinhos.

Deixe seu Comentário

Sua opinião é muito importante para nós, participe.

Relacionadas

Confira outras notícias da categoria.