Segurança

PF pega R$ 3,5 milhões com empresário em operação contra fraude nos Correios

Página Aberta – Informação e Realidade

 Dinheiro apreendido. Imagem/divulgação


A Polícia Federal deflagrou na manhã desta terça, 4, a Operação Postal Off II, segunda etapa de uma investigação que tem o objetivo de desarticular organização criminosa que subfaturava valores devidos à Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos, além de desviar para si grandes clientes no seguimento de postagem de cartas comerciais. Segundo a corporação o grupo causou prejuízo de R$ 94 milhões ao patrimônio público.

A PF apreendeu R$ 3,5 milhões na residência de um dos alvos no Rio. Trata-se de um empresário responsável por algumas agências franqueadas dos correios que tem vinculação com núcleo empresarial da organização criminosa investigada.

De acordo com a corporação, na nova fase da investigação foram encontrados indícios de participação de sete funcionários da EBCT no esquema, “que atuavam auxiliando nas postagens ilegais e subsidiando interesses empresariais do grupo criminoso”.

A Postal Off foi aberta inicialmente em novembro de 2018, em Santa Catarina, contra grupo criminoso que fazia com que grandes cargas de seus clientes fossem distribuídas no fluxo postal sem faturamento ou com faturamento muito inferior ao devido.

A segunda etapa das apurações foi aberta após terem sido encontradas evidências de ‘forte atuação’ do grupo nos Estados de São Paulo e Rio de Janeiro.

HISTOÉ

Deixe seu Comentário

Sua opinião é muito importante para nós, participe.

Relacionadas

Confira outras notícias da categoria.