Cidades

Governo do Ceará lança edital para selecionar agentes sociais para o Programa Mais Infância

Página Aberta – Informação e Realidade

 O profissional selecionado pode receber bolsa mensal de até R$ 1.800,00


O Governo do Ceará lançou edital para selecionar agentes sociais que vão atuar no Programa Mais Infância Ceará. O objetivo é que os profissionais contribuam para potencializar os resultados do Cartão Mais Infância junto aos 184 municípios cearenses, possibilitando a inserção de famílias assistidas em outras políticas públicas sociais relacionadas à saúde, educação, habitação, ao emprego e renda, e à assistência social, dentre outras.

As inscrições para o processo seletivo vão acontecer de 26 a 30 de abril, exclusivamente por meio de formulário eletrônico a ser disponibilizado no site da SPS.

“O agente social do Programa Mais Infância Ceará tem como objetivo fazer busca ativa e garantir o acesso das famílias ao cartão Mais Infância e as políticas públicas, tanto municipais como estaduais. A transferência de renda é importante, mas queremos ajudar a melhorar a qualidade de vida dessas famílias, ampliando o acesso e qualificando serviços”, ressaltou a primeira-dama do Estado, Onélia Santana, idealizadora do Programa Mais Infância Ceará.

Agentes Mais Infância


O Edital está com 184 vagas abertas para agentes sociais, denominados Agentes Mais Infância, destinando uma vaga para cada município cearense. Assim, o profissional vai atuar no município em que estará inserido, desempenhando atividades na execução do programa de transferência de renda no âmbito municipal, articulando, apoiando, monitorando e avaliando ações e projetos intersetoriais, que visam a melhoria da qualidade de vida e a promoção do desenvolvimento, contribuindo para a superação da extrema pobreza.

Para se candidatar ao processo de seleção, os(as) interessados(as) precisam ter nível superior completo, conhecimento na área de desenvolvimento infantil, habilidade para trabalhos em equipe e para condução de reuniões e grupos, além de outros critérios exigidos no edital.

A seleção será constituída por duas etapas, sendo ambas de caráter eliminatório. A primeira etapa será a inscrição e avaliação do currículo. Serão classificados para a segunda etapa os(as) candidatos(as) que obtiverem pontuação mínima de sete pontos. A segunda etapa será a realização de entrevista com os(as) candidatos(as) aprovados na primeira etapa.

O profissional selecionado pode receber bolsa mensal de até R$ 1.800,00 – valor referente a 40 horas semanais -, concedida pela SPS, a partir do início das atividades. A bolsa tem prazo de vigência de 12 meses, podendo ser prorrogada até o limite de 36 meses.

Clique aqui para ler o Edital.

Deixe seu Comentário

Sua opinião é muito importante para nós, participe.

Relacionadas

Confira outras notícias da categoria.